A gente custa muito a aprender,
mas cedo ou tarde
chega aquele dia
que se percebe na prática
que há momentos na vida
que são sopros vertiginosos.
Não sentimos surgir,
experimentamos com ousadia
a energia de sua vivência
E revivemos eternamente
o ecoar de sua lembrança.
E, quer saber?
Existem dessa forma
justamente para nos fazer viver
com a intensidade máxima
que apenas o que não dura muito
é capaz de nos ofertar.
O planejamento toma tempo,
mas a realização nos dá a eternidade.
Afinal de contas,
o que é a sensação interminável
de ter guardado do lado de dentro
o som do sorriso,
o calor do abraço
e o gosto do beijo
daquele dia que nos brindou
com sua existência?

Juliana e Robinson, realizando o que se planejou junto.
rz

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comente! |
Pitacos pelo Facebook

Agora é sua vez! Diz aí!


Deixe seu comentário



Fotografia e Filmes de Emoção

A gente não busca histórias perfeitas.
A gente conta histórias verdadeiras.
E por assim ser, especialmente únicas.

Não que elas dependam da gente para acontecer.
Mas sim, dependem orgulhosamente da gente para permanecer.

O click é de fato o som do infinito.
O instante não volta.
A Fotografia jamais vai.
A emoção nunca pára.

Tome seu tempo.
Reviva seus sonhos.

Rodrigo Zapico