Você pode até não concordar,
mas, realizar é de certa forma,
extravasar.
E no sentido mais sincero
que possa existir:
transbordar.
Para você que tem dúvidas, te explico.
Não é preciso um grito sequer,
para que extravase seus sentimentos.
Pode ser no silêncio de um tímido sorriso
que se torne manifesto
o mais sincero dos amores.
Nunca foi sobre fazer barulho,
mas sobre acalmar qualquer tempestade.
Jamais será sobre bagunçar,
mas sim, sobre manter fora de ordem
de certa forma que somente
um abraço consiga dar jeito à tudo.
Sempre vai ser sobre olhar, sentir e retribuir.
Aquilo que já não cabe dentro de si
e que por assim ser,
se espalha encantadoramente
por onde quer que os pés, juntos, possam ir.

Juliana e Silvio, transbordando as melhores sensações juntos.
rz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comente! |
Pitacos pelo Facebook

Agora é sua vez! Diz aí!


Deixe seu comentário



Fotografia e Filmes de Emoção

A gente não busca histórias perfeitas.
A gente conta histórias verdadeiras.
E por assim ser, especialmente únicas.

Não que elas dependam da gente para acontecer.
Mas sim, dependem orgulhosamente da gente para permanecer.

O click é de fato o som do infinito.
O instante não volta.
A Fotografia jamais vai.
A emoção nunca pára.

Tome seu tempo.
Reviva seus sonhos.

Rodrigo Zapico